quarta-feira, 30 de março de 2011

Hoje voltei a cruzar-me com o rapaz parecido com o Mitch Hewer. Mas desta vez foi ao portão da escola. Eu ia a sair, e ele a entrar. Tive de me virar de frente para ele, para passar pelo portão de lado, dando espaço para passarmos ao mesmo tempo. Não consegui focar os olhos dele, tive de virar a cara, escondendo-a na minha boina... Mas fiquei a meia dúzia de centímetros dele... Ai, vida.
Está a ser cada vez mais difícil viver com a frustração, o segredo, o sentimento de solidão... Principalmente com os comentários que fazem sobre homossexuais... Não só no meu ambiente social como familiar, é mau ouvir certas coisas. Claro, não sou o único a passar por isso. Mas sinto que as coisas estão para ficar assim indefinidamente.
Tenho andado vago... Inspirado para escrever, sim, mas um bocado mole... Não sei. Eu sou estranho no que toca a ficar irritado. Em vez de ficar exaltado, fico calmo, pensativo, metódico... Ia acrescentar perfecionista, mas isso sempre fui. Apenas piora quando estou assim.
Mas cá continuo a ver o tempo passar, a ouvir o incessante tic tac do relógio...

4 comentário(s):

Wolverine disse...

ando para comprar uma boina há bastante tempo... procuro, procuro... mas nunca encontro a boina perfeita!

Unknown disse...

haha eu tenho a sorte de ter encontrado uma boina que me fica bem. Comprei na C&A, se estás interessado x)

K. disse...

Como te compreendo. Ouvir comentários desagradáveis sobre homossexuais deixa-me mesmo triste. Então quando é de familiares fico ainda mais danado...
E sou como tu: a minha exaltação é interior porque não posso gritar mesmo. Fico muito melancólico e ainda mais perfeccionista (e só fico pior porque as coisas não me têm corrido bem).
Hoje andei assim o dia inteiro...

Unknown disse...

Mas tenho esperanças que isto melhor. Como diz o povo, e com razão: depois da tempestade vem a bonança ;P

Publicar um comentário

Ah, vais aproveitar para escrever um comentário? :3 Obrigado! Feedback é sempre bem vindo ;)

Cheers =D