sexta-feira, 8 de abril de 2011

Pensativo.

Tenho andado pensativo. eu queixava-me de ter medo de contar à minha família que sou homossexual, mas não sou o único. Eu comecei a pensar se haveria alguém na minha família que não me julgasse por eu ser quem sou: gay. Há uns tempinhos, eu comecei a ver a storyline das personagens Scotty Wandell (Luke Macfarlane +.+) e Kevin Walker (Mathew Rhys [double +.+]), da séries Brothers & Sisters [Aqui em Portugal: Irmão e Irmãs]. Quem me incentivou a ver esta série foi a minha Tia, que a vê religiosamente sempre que dá na 2. Há pouco tempo, estive em casa dos meus avós, e eu e a minha tia ficámos a ver um episódio que, por acaso era centrado num problema na relação do Kevin e do Scotty. E sabem quando alguém fala no assunto sem pudor nem preconceito? Pois, a minha tia comentou a relação deles, num tom natural, como se aquele casal de homossexuais, fosse um casal como todos os outros. E pela maneira como ela falava, percebia-se que até gostava daquelas personagens. Nessa altura senti vontade de lhe contar, mas acabei por me calar. Apesar de tudo não tenho a certeza, mas se contar a alguém da família, acho que ela será a primeira a sabe. Ela é, por natureza, uma pessoa de mente aberta, criativa, divertida, bem-humorada. Um dos exemplos que sigo no dia-a-dia. Sempre me senti muito ligado a ela. Lembro-me que quando ela trabalhava e eu ia a casa da minha avó, a primeira coisa que perguntava depois de cumprimentar os meus avós era: " A Tia está cá?". Se não estava, eu sentava-me no sofá-cama do quarto e punha-me a ver TV até ela chegar. Se estava, eu ia logo ao quarto dela, ver que novos trabalhos manuais estava a inventar, que cartões de Boas Festas estaria a magicar... E a forma como ela olha para a vida, faz-nos sempre rir. Há uns tempos, ela ficou desempregada, mas procurou logo emprego. E passou das artes gráficas a trabalhar num sítio onde embalavam chás. Sabem como ela descrevia o seu trabalho? "Eu agora ando na erva!" x) Entretanto acabou o contrato de trabalho nesse sítio e ela procurou outro emprego. Agora está a trabalhar na Triumph, a verificar se as peças de roupa interior têm falhas e vão bem contadas para as caixas de encomendas. E tal como sempre, ela têm uma óptima descrição do seu trabalho: "O quê? Se antes andava na erva, agora ando com as cuecas e o sutiã na mão!" x). Acho que ela é mesmo a pessoa indicada com quem desabafar... E porque não?

Cheers =D

3 comentário(s):

K. disse...

Scotty e Kevin xD Esses dois são perfeitos um para o outro.
Eu estou como tu. Há momentos em que me sinto capaz de assumir perante certos familiares, mas acabo sempre por não o fazer por causa do resto da família.
Mas cada vez que penso no assunto, fico preso numa teia de pensamentos. Às vezes penso que seria menos difícil para todos se me assumisse agora. Tenho medo que com o passar do tempo, eles se enraízem nos preconceitos e a reacção seja pior. Mas por outro lado sei que eles não iam compreender e iam achar que estava confuso porque nunca tinha estado com um rapaz...
Sim, também acho que seja complicado. Há que esperar. Ou pela nossa independência ou por alguém que esteja disposto a dar connosco esse salto...
E não penses muito nos meus abraços porque senão ficamos a sentir-nos pior....

(PS: mudaste de foto de perfil :P)

Unknown disse...

Obrigado pelo teu comentário de apoio. Agora preciso é de descansar e quando o periodo começar, aplicar-me a sério e ultrapassar as chatices todas.

Abraço

Unknown disse...

Acho que fazes bem, Lobo.

Yap, K., mudei de foto de perfil x) Na verdade essa foto foi um acidente com a máquina fotográfica do telemóvel... Mas há males que vêm por bem e até achei a foto gira... Apanhou os meus ténis preferidos x)

Publicar um comentário

Ah, vais aproveitar para escrever um comentário? :3 Obrigado! Feedback é sempre bem vindo ;)

Cheers =D